Me Chamo Coração

May 7, 2020

Série "Pílulas de Atenção Plena"

 

Sentir o coração... que jornada! Apenas de maneira poética para conseguir expressar essa riqueza!

 

 

 

Olá meu amigo,

eu te sinto!

Ou, ao menos, tento te sentir.

 

Muito tentei te negar, muito tentei rebaixar você a uma simples parte de mim. Tentei arduamente, inclusive, negar quão vital você é para mim, e dizer que era eu quem estava no comando! Essa mente travessa...

 

Fazer as pazes com você foi uma longa jornada, e ainda incompleta.

Choramos juntos, rimos juntos, amamos juntos.

Quantas vezes quis te esconder, em um vã tentativa de não deixar você me dominar!

 

Você guarda o que tem de melhor em mim, toda minha luz, mas também minha sombra. Acho que por isso, você me assusta.

Quantos paradoxos tentou me mostrar, mas minha mente se apegou demais na ilusão da segurança, buscando o controle, ah essa travessa... E assim, quanta sabedoria fingi não ver em você!

 

Você guarda, e pulsa, o que tenho de mais precioso... Minha vida... O amor que habita em mim. E por isso, você me norteia.

 

Às vezes me sinto vulnerável com você, acho que é porque temo sua força. Mas aprendi que, enquanto puder te sentir e acolher, simplesmente ser o ritmo de teu pulsar, estou segura.

 

Hoje, eu te sinto. E minha mente, essa velha travessa, repousa em você.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

Como reconhecer a tranquilidade quando ela está presente

June 26, 2020

1/10
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Search By Tags
Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square